domingo, março 11, 2007

Nessa procura diária por bandas curitibanas, e no anseio de localizar as obras primas locais, achei o Supercross, que acredito ter acabado de lançar o extremamente autoral ep: “A falta que a morte me faz”. Material com canções sinceras, nas quais Maurício Carl.ski, disseca várias agônias diárias; escutando bem, você pode até entrar no universo particular de suas criações, a simplicidade da escrita facilita se tornar intimo Carl.ski e saber que o disco é realmente um diário.

Spiritual, é a canção que prende e emociona, Carl.ski, busca na lisergia dos anos 60, uma das melhores melodias que ouvi, ele não é o que podemos chamar de cantor, mas seu talento para criar belas melodias o coloca em um patamar diferenciado dentro das indie-bands curitibanas e outra canção que chama atenção e Nada ao redor que revela forte influência de Ride e Radiohead, mas com o jeito low-fi da banda tocar, desconfigura muitos planos de tentar inseri-los dentro de um filão sonoro.

Para quem gosta de temas mais emocionais ouça Supercross no site: http://www.myspace.com/supercrossrock


3 comentários:

norberto disse...

muito bom oque ouvi no superspace
apesar deque tenho uma quedinha pelo Speed, num sei pq... kkkk

Denis Pedroso disse...

Boa!
Sobre essa pesquisa diária de bandas curitibanas quero saber mais.
Assim que postar algo a esse respeito, se não for pedir muito, pode me avisar aqui: denispedroso@gmail.com
Mas, claro, volto aqui ver se descobriu algo mais...

Jake LaMotta (cwb rocks) disse...

keta, pills, white album, laudry on fire...great!!!